São 4h da madrugada. Quem me procurar agora vai me achar sentada na sala, ao lado da lareira – que eu não tenho, porque moro na cidade do sol, mas… enfim… onde seria ela – de olhos arregalados e esperando ansiosamente o papai noel. Sim, eu sei. Ele só vem no natal. Mas a fada madrinha uma vez me contou, em segredo absoluto (aiiii, vou perder a confiança dela!), que ele aparece no nosso aniversário também, caso seja muito-muito-muito desejado! ele vem trazendo um saquinho de pó de pirlimpimpim, numa quantidade suficiente pra durar 24 horas, e lhe entrega o presentinho desejando que você seja muitíssimo-extremamente-demais feliz no seu dia. Mas… como tudo que ‘é bom que só’ tem um “porém”… antes de abrir o saquinho o aniversariante presenteado tem que ler um cartãozinho que o acompanha, com uma lista gigantesca de ‘cuidados e orientações de uso’. Pois é… dizem que o “manual” foi pensado e posto em prática depois de Emília tocar o terror no Sítio do Pica-Pau.

Pode, por exemplo, desejar que o dia amanheça lindo! que toda a chuva que cai agora lá fora ouça sua ordem de “parou a brincadeira!” e se retire do céu. Não pra sempre, mas por 24 horas.

Pode ainda pedir pra ser acordada com um beijo estalado e melecado do filho, mesmo sabendo que ele tá em Recife, em sua primeira viagem “sozinho”, pela escola. Mas pode.

Pode pedir ligações desde a zero hora, a cada 10 minutos, por 24 horas inteiras!! cheias de “felicidades”, “beijos” e muitos “parabéns”.

Pode até pedir que o dia passe lento. Que 24 horas tragam a sensação de 48… quem sabe 72 horas!!! e nessas “72 horas”, com 24 na verdade, pelo menos 72 abraços bem apertados surjam. E pode, claro, querer que eles sejam reais, calorosos, gostosos como foi o segundo do dia – aquele que veio logo depois do abraço que veio junto dos beijos melecados do seu filho, que tá na verdade em Recife -, o da sua mãe. E, sim, como não?!!! que todos os 72 abraços venham fazendo par com 72 beijos… não… melhor 2 beijos de cada 1 abraço!… faça a conta, porque hoje não quero me ocupar disso. Só quero saber que, sim, é possível desejar ficar com a bochecha doída, roxa e afundada de tanto beijo!

Outra coisa que pode é pedir pra que todos – e eu disse tooooodos – os seus amigos apareçam e fiquem com você nessas 24/72 horas! quando eu digo todos, eu falo também daquela mega amiga que tá morando em Petrópolis, serra do Rio; Falo dos miliuns de Sampa, incluindo São José dos Campos; da de Fortaleza e daqueles outros mundo afora como Alemanha, França, Buenos Aires… sim, todos! inclusive e principalmente, os que moram do lado, na mesma cidade que você. Já imaginou tomar um café da manhã de aniversário cercado de toooooooodos os amigos e toooooodos os irmãos (mesmo as do Rio e Manaus) e os familiares mais queridos??? puts… pois num é que pode isso?!!!

É claro que cada um tem seus pedidos especiais e diferentes… tem gosto pra tudo. Mas também pode, porque a fada me disse, pedir pra que a cada meia hora você ache motivo – “do nada” mesmo – pra dar aqueeeeela gargalhada que parece não ter fim! aquela “braba”, que faz doer o maxilar, que mexe com todos os músculos, que faz você se sentar e se dobrar todo, botando a mão na boca enquanto o olho chora e apertando as coxas pra não fazer xixi!hahaha… até deu vontade de rir agora…. mas é verdade que pode.

Assim como pode pedir pra comer muito brigadeiro com a colher e raspando a panela queimada… muito leite moça pelo furinho da lata… muito sorvete, com muuuuitas coberturas de todos os sabores juntas, na casquinha (claro!!)… muito ‘sonho de valsa’ da maneira mais gostosa: raspando com os dentes toda a cobertura de chocolate, abrindo a casquinha ao meio, comendo metadinha de casquinha de cada vez, e finalizando com aquela bolona de recheio todinha na boca de uma vez! Pode passar o dia comendo o que quiser… sem engordar por 24 horas!

E a lista segue, com muitas coisas que pode: dançar loucamente enquanto canta aos berros todas as músicas de Madonna dos anos 80 com um pouco de 90, de Angel a Vogue. Com os amigos do lado, sempre, porque nem tem graça berrar assim se não tiver alguém do lado pra se espantar e dizer “ela sabe tooodaaaas!!”; pode colocar o vestido verde mais lindo de todas as vitrines da Oscar Freire (ok, pode ser da José Paulino… o efeito é o mesmo!); e, entre mais coisas, pode ainda pedir pro jornal não ter queda de avião pra noticiar.

Ía esquecendo o melhor!!! o saquinho vem acompanhado de uma maquininha de sensações, com vários botões coloridos. Cada vez que aperta um, você fecha os olhos e sente exatamente como se aquilo estivesse acontecendo: cheiro de chuva (só o cheiro!), cafuné de mãe, pé na areia, vento no rosto, sol na pele, primeiro beijo… são muuuitos botões!

A fada quase não me contou, mas porque confia muito em mim, ela disse que se for pro bem de muitos, pode até mesmo pedir uma malvadezazinha. Por exemplo: aquele vizinho tarado, que lhe atormenta desde os 10 anos (até os 36!!!), pode pedir pra ele sumir do mapa!!! ela até foi enfática nessa hora e me disse “se é pra fazer malvadeza, que faça bem feito”. Daí me contou que fazer sumir, só, é pouco. Que dá pra pedir que ele exploda mesmo, como uma bola de hormônios superinflada! POF!!!

Bom, dá pra pedir de tudo. Ou quase tudo.

O que não dá pra pedir é que aquela pessoa específica, que fica numa categoria que não é exatamente a de “amigo”, nem “irmão” e nem “parente querido” (porque esses pode, como já foi dito)… mas esse tal, que não se encaixa em nenhuma das três categorias, mas que vive repetindo que te ama e que morre de saudades… não dá pra querer que ele pegue um vôo e venha lhe ver nessas 24/72 horas do seu aniversário. Ah, não! aí já é pedir demais! Mas também não é culpa dele e nem de quem pede. É culpa da Emília, lógico!

ogaaaodfrz96bi8sbndy1amugu3dcxqd3iohhad-rnj_mufzdf91esxfp3ukwh_sv01izf6um-zhhq88qabcmidqid8am1t1ucxw6lo2urd0f8loyxrrj2ak0yss

Eu e o filhote, Fotinho By Heudes Regis

Bora fazer uma festa agora? clicaê!!

Tags: , , , , , , , ,

6 comments

  1. Marcelo (sim, o de Rosinha

Trackback e pingback

No trackback or pingback available for this article

Leave a Reply